quarta-feira, 3 de junho de 2015

Pessoas pegajosas são mais propensas a serem traídas e a trair

Os casais que fazem tudo juntos e que, mesmo longe fisicamente, sempre dão um jeito de estar em contato, com ligações e mensagens no Whatsapp, por exemplo, não estão blindados contra a traição. Pelo contrário, o excesso de grude pode fazer com que recorram a aventuras amorosas como uma válvula de escape. A conclusão é de uma pesquisa conduzida pela Universidade Estadual da Flórida, nos Estados Unidos, e publicada, no fim de 2014, na revista "Psychology Today".

De acordo com o psicólogo clínico Roberto Rosas Fernandes, analista junguiano pela SBPA (Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica), as pessoas pegajosas oprimem o parceiro e sufocam sua liberdade. "Elas fragilizam a relação, em vez de fortalecê-la, dando margem à insatisfação", afirma.

Segundo Vanda Lucia Di Yorio Benedito, psicóloga pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo e autora do livro "Amor Conjugal e Terapia de Casal" (Summus Editorial), quem se sente carente e inseguro em um relacionamento pode se tornar uma pessoa exigente de amor e atenção.

"Esse comportamento provoca no outro um desejo de se ver mais livre, além da sensação de que, por mais que se faça, nunca será o bastante. A relação vai ficando cada vez mais pesada, o que pode levar o parceiro oprimido a buscar algo mais leve na vida", diz Vanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU RECADO DEMOCRÁTICO!!!

Atenção: O espacodemocratico3.blogspot.com.br não se responsabiliza por opiniões aqui expressas; pela autenticidade dos comentários e menos ainda por ilações que internautas façam em relação a outros comentários ou comentaristas. As opiniões aqui expressas não refletem, obrigatoriamente, a opinião do blog espacodemocratico3.blogspot.com.br. Este é um espaço democrático e aberto a todos que queiram manifestar suas opiniões. Comentários ofensivos ou de baixo calão serão sumariamente deletados.

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES