terça-feira, 14 de julho de 2015

II Encontro de Escritores Canindeenses & Convidados

O Sertão está se transformando em um berço das letras, a cada dia descobrimos novos talentos literários que nos mostra o modo de como se dá o conhecimento que se instiga a curiosidade humana.

O município de Canindé de São Francisco está vivendo uma revolução literária. Isso nos mostra que neste pequeno solo sertanejo desabrocham grandes poetas, cronistas e mentores de histórias fantásticas.

No próximo dia 25 de julho irá acontecer o II Encontro de Escritores Canindeenses e Convidados, um evento que se iniciou no ano de 2014 e tem como principal objetivo trazer ao público textos muitas vezes engavetados por jovens e adultos que até agora não tiveram a oportunidade de mostrá-los ao mundo.

A partir das 08h00min no coreto da praça Ananias Fernandes dos Santos, irá reunir-se mais de 60 (sessenta) escritores para através de palestras e debates trazerem, para os jovens sonhadores, uma troca de experiências, onde na oportunidade irá ser lançando um livro (Seleta) patrocinado por Infographics, com pensamentos, reflexões, crônicas e contos, escritos pelas mãos de muitos jovens que até então estavam com seus textos engavetados, e enriquecida com a participação de escritores já consagrados.

 E com isso, posso dar-lhe uma explicação do porquê de estar aqui, incomodando-o, leitor desprevenido. É a necessidade de nos expressar, é que temos mania de escrever. O desejo de mostrar nossos pensamentos foi o que nos levou a trazer, por este encontro, a união das nossas escritas. São essas coisas que se pegam na nossa mente e que temos o prazer de dividir.

Isso nos mostra que o Sertão tem potencial literário, e com os Encontros de Escritores podemos descobrir muito mais.


Quem diria que o Sertão fosse um berço das letras!

E posso fazer essa afirmação: Canindé de São Francisco foi o município pioneiro em realização dos encontros municipais de escritores, e este momento é, sem sombra de dúvida, um marco na literatura sergipana que vem alçando altos voos, a cada dia.

 Meu sonho, contudo, é atingir, aos poucos, todos aqueles que leem e produzem textos literários, propondo-lhes uma conversa amiga e amena. Portanto, continuo impávido na minha felicidade energizada no papel, buscando os produtores literários para o espetáculo poder continuar.

Assim, arrisco-me, pela ousadia de buscar incansavelmente os ouros literários existentes em nosso Sertão, onde, no mais das vezes, uso até de indagações que incomodam, mas tenho a certeza de que atingi, pelo menos, um objetivo: tirar do anonimato esses nomes da literatura, para que, com suas escritas, possam revolucionar o rio de letras que existe em Canindé, e que, através deste encontro, possam futuramente ser reconhecidos como mestres das letras.


“O que seria dos livros sem os leitores?”


Por 
Tinho Santana
Poeta e Escritor
Membro Fundador da Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano (ALAS) cadeira 09

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU RECADO DEMOCRÁTICO!!!

Atenção: O espacodemocratico3.blogspot.com.br não se responsabiliza por opiniões aqui expressas; pela autenticidade dos comentários e menos ainda por ilações que internautas façam em relação a outros comentários ou comentaristas. As opiniões aqui expressas não refletem, obrigatoriamente, a opinião do blog espacodemocratico3.blogspot.com.br. Este é um espaço democrático e aberto a todos que queiram manifestar suas opiniões. Comentários ofensivos ou de baixo calão serão sumariamente deletados.

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES