terça-feira, 25 de agosto de 2015

Enterrada viva por engano, adolescente morre em hospital

Um vídeo mostra parentes da adolescente Neysi Perez, de 16 anos, abrindo seu túmulo. Um dos familiares que removeu o caixão descobriu que o vidro da janela de visualização foi amassado e as pontas dos dedos da jovem estavam machucadas. 

Após ser retirada, a jovem, que foi enterrada em seu vestido de noiva, foi levada ao hospital, mas apesar dos esforços para reanima-la, os médicos não encontraram sinais vitais e mais tarde o corpo foi enterrado no mesmo mausoléu. 

A jovem Neysi Perez estava grávida de três meses quando supostamente caiu inconsciente depois de acordar no meio da noite para usar o banheiro fora de sua casa, que fica na cidade de La Entrada, no oeste de Honduras. 

Acredita-se que a jovem entrou em colapso em um aparente ataque de pânico depois de ouvir uma rajada de tiros. Quando a adolescente começou a espumar pela boca, seus pais, que são religiosos, chamaram um padre local para exorcizá-la, pois acreditavam que a jovem estava possuída por um espírito maligno. Mais tarde a jovem foi levada às pressas para o hospital, onde faleceu. 

Um dia depois do funeral, Rudy Gonzales, marido da adolescente, foi ao Cemitério Geral de La Entrada, quando ouviu gritos abafados e batidas vindos do túmulo da esposa. 

À imprensa local, Rudy Gonzales relatou como foi o momento. “Eu estava com o coração partido porque minha namorada tinha sido tomada tão de repente de mim. Eu queria estar perto dela. Coloquei minha mão em seu túmulo e senti-a batendo, depois ouvi sua voz pedindo socorro. Estava em êxtase e cheio de esperança”, contou. 

A prima de Neysi, Carolira Perez, conta que colocou a mão sobre o corpo da adolescente e “ela ainda estava quente”. “Ela tinha arranhões em seu testa e contusões em seus dedos, parecia que ela tinha tentado desesperadamente sair do caixão”, contou Carolina. 

Um trabalhador do cemitério também disse ter escutado ruídos vindos do túmulo. “Eu me convenci que os gritos estavam vindo de outro lugar. Nunca imaginei que houvesse alguém vivo ali”. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU RECADO DEMOCRÁTICO!!!

Atenção: O espacodemocratico3.blogspot.com.br não se responsabiliza por opiniões aqui expressas; pela autenticidade dos comentários e menos ainda por ilações que internautas façam em relação a outros comentários ou comentaristas. As opiniões aqui expressas não refletem, obrigatoriamente, a opinião do blog espacodemocratico3.blogspot.com.br. Este é um espaço democrático e aberto a todos que queiram manifestar suas opiniões. Comentários ofensivos ou de baixo calão serão sumariamente deletados.

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES