quarta-feira, 15 de junho de 2016

Fraude na merenda movimentou mais de R$ 38,9 milhões, diz promotor

As investigações que apuram irregularidades na compra de merenda escolar por prefeituras e pelo governo do estado de São Paulo identificou que os desvios de verbas públicas ocorreram em contratos que somam R$ 38.901.149,03, segundo o Ministério Público.

Em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (15), em Ribeirão Preto (SP), promotores afirmaram que a 'máfia da merenda' usava recursos -- em sua maioria federais -- para pagar contratos falsos firmados com cooperativa de agricultores, a Coaf.

+ em G1/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU RECADO DEMOCRÁTICO!!!

Atenção: O espacodemocratico3.blogspot.com.br não se responsabiliza por opiniões aqui expressas; pela autenticidade dos comentários e menos ainda por ilações que internautas façam em relação a outros comentários ou comentaristas. As opiniões aqui expressas não refletem, obrigatoriamente, a opinião do blog espacodemocratico3.blogspot.com.br. Este é um espaço democrático e aberto a todos que queiram manifestar suas opiniões. Comentários ofensivos ou de baixo calão serão sumariamente deletados.

RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES